Loading...

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Família de cartorário de Imperatriz é soterrada na região Serrana do Rio de Janeiro



Cerca de 16 pessoas da família do cartorário Marcelo Bernardes morreram soterrados em função dos deslizamentos de terras provocados pelas fortes chuvas na região serrana do Rio de Janeiro.
Segundo informações, o cartorário Marcelo Bernardes, que é proprietário do Cartório do 6º Ofício Extra-Judicial de Imperatriz, perdeu a mulher, três filhos, irmãos e outros parentes. Todos se encontravam em uma casa alugada na região serrana fluminense, onde iriam passar 30 dias de férias. Marcelo Bernardes se juntaria a eles nesta semana.
Logo que ficou sabendo da notícia, ele viajou para São Luís, de onde pegaria outro voo para o Rio de Janeiro. Havia poucos dias que Marcelo Bernardes perdeu o pai, que morreu vítima de ataque cardíaco.
As chuvas que castigam a região serrana do Rio já deixaram pelo menos 264 mortos. Só em Teresópolis, segundo informações da TV Globo, foram registradas 130 mortes. Em Friburgo, foram registrados mais 59 mortes num bairro do município. Ao todo foram registrados 107 mortes, entre eles quatro bombeiros que faziam a operação de resgate. Em Petrópolis o número de vítimas chega a 27. Os dados oficiais do governo do estado, no entanto, dão conta de que 209 pessoas morreram na região. Em Teresópolis, foram registradas 82 vítimas; em Petrópolis, 13; Itaipava, 7; e em Nova Friburgo foram somadas 107 mortes, entre elas, três bombeiros.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por favor não use palavras de baixo nível.